Destino

Madrid

Desconto
Escreva um destino ou um hotel
Datas opcionais
Desconto

A sua pesquisa será para adults adultos e children criança, devido ao intervalo de idades das crianças para este hotel

A sua pesquisa será para rooms quartos, adults adultos e children criança, devido ao intervalo de idades das crianças para este hotel

Quartos

Descubra o seu hotel no centro de Madrid

Com cerca de 11 milhões de turistas e mais de 4,5 milhões de pernoitas de estrangeiros por ano, Madrid consolidou-se como um dos 10 destinos mais visitados da Europa. Um dado que não é de estranhar, se tivermos em conta que é uma das cidades do mundo com mais oportunidades de lazer e mais vida social, segundo um estudo recente. A isto importa adicionar a sua enorme oferta monumental e cultural, o que explica porque vale a pena alojar-se no hotel no centro de Madrid da Iberostar.

Visitar edifícios históricos e alguns dos museus mais prestigiosos do mundo, desfrutar de um espetáculo de ópera ou teatro, degustar os pratos típicos da cozinha madrilena ou simplesmente viver a noite intensamente. Isto é apenas uma amostra de tudo o que esta cidade, conhecida como “Villa y Corte”, tem para lhe oferecer.

E para que não perca nada do que poderá visitar numa escapadinha a Madrid, resumimos algumas das atrações que descobrirá caso opte por se alojar no centro desta incrível cidade.

  • País: Espanha
  • Hora:
  • Câmbio: Euro
  • Voltagem: 220 V

Descubra Madrid

O que ver em Madrid

Sem dúvida, precisaríamos de muito mais tempo e espaço do que uma secção para apresentar todas as atrações turísticas da capital de Espanha.  Não obstante, há alguns que não devem faltar em nenhuma visita a Madrid. Por exemplo, a icónica Porta de Alcalá (1769-1778), construída por Francisco Sabatini no tempo de Carlos III e uma das cinco portas reais que davam acesso à cidade.

Igualmente, também não se pode deixar de visitar monumentos como a Catedral da Almudena e o Palácio Real ou Palácio de Oriente, ambos na Madrid dos Austrias; a estátua de Cibeles, a emblemática plaza Mayor, o templo de Debod, um dos quatro únicos templos faraónicos que se encontram fora do Egito, ou a escultura do Oso y el Madroño, símbolo de Madrid por excelência. Ésta encontra-se na Porta do Sol, onde se localiza o km 0 das estradas espanholas e o local onde milhares de pessoas dão as boas-vindas ao ano novo. É, por assim dizer, algo como a Times Square espanhola.

Outros espaços de interesse no centro de Madrid são o parque do Retiro, um dos pulmões verdes da capital, ou a cuesta de Moyano, repleta de barraquinhas nas quais se vendem livros, o que a converte num local de visita obrigatória para os aficionados da literatura.

Menção à parte merecem os magníficos museus de Madrid, que incluem joias como o Museu Reina Sofia, o Museu Thyssen, o Museu Arqueológico Nacional —depositário da Dama de Elche, a escultura ibérica mais importante— e, claro, o Museu do Prado, uma das pinacotecas mais importantes do mundo. As suas salas albergam 27 000 obras europeias de entre os séculos XVI e XIX, e assinadas por artistas de renome como El Bosco, Pieter Bruegel o Velho, Rubens, Viejo ou Goya. Pode pedir mais?

O que fazer em Madrid

A oferta de lazer de Madrid é praticamente inesgotável. Desde passear pela Gran Vía ou percorrer El Rastro —um mercado ao ar livre que se realiza aos domingos e feriados no bairro de la Latina— até ir às compras pelo seleto bairro de Salamanca, onde se encontram a rua de Serrano e o paseo de Recoletos, o centro de Madrid coloca nas suas mãos a oportunidade de dizer adeus às preocupações nas suas vibrantes ruas e avenidas.

Um dos locais que deve incluir no seu percurso é o bairro de Las Letras ou de los Literatos. Também conhecido como Huertas y Las Cortes —dada a sua proximidade à rua homónima e ao Congresso dos Deputados—, estende-se entre a Gran Vía, a praça de Cibeles e o denominado Triângulo da Arte, perto de La Latina e do bairro de Lavapiés. Cenário de uma intensa atividade literária no Século de Ouro Espanhol, alberga atrações como a Casa-Museu de Lope de Vega. Além disso, é um dos locais de tapas mais famoso de Madrid.

Por outro lado, não há dia em que a cidade não acolha concertos ou peças de teatro. Um aperitivo perfeito antes de desfrutar da vida noturna de Madrid, uma das mais animadas da Europa. Uma das zonas mais na moda é Chueca, situada em torno da rua de Fuencarral —cada vez mais famosa pelas suas lojas de roupa— e uma das referências da noite gay.

Não obstante, se o que lhe apetece é sair para um plano relaxado, não pode perder os bares mais na moda do bairro de Malasaña, ou alguns dos boémios locais de Lavapiés, um bairro que experimentou uma assombrosa transformação nos últimos anos.

Reserve o seu hotel no centro de Madrid

Se quer que as suas escapadinhas a Madrid sejam um sucesso, convidamo-lo(a) a hospedar-se no Iberostar Las Letras Gran Vía, um hotel de 4 estrelas no centro da cidade, pensado para tornar a sua estadia na capital espanhola numa experiência única. Efetivamente, um dos hotéis mais especiais da cadeia.

Localizado num edifício histórico, este hotel em Madrid dispõe de tudo o que é necessário para lhe assegurar uns dias de descanso inesquecíveis: quartos românticos com vista, restaurantes gourmet onde saborear a essência da gastronomia madrilena, tratamentos de massagem, ginásio, serviço de lavandaria, Wi-Fi gratuito de alta velocidade, e uma biblioteca própria, para que possa desfrutar das suas leituras favoritas sem colocar um livro que seja na sua mala.

Inclusive, se tem previsto viajar a Madrid em negócios, o Iberostar Las Letras Gran Vía brinda-o(a) com a possibilidade de reservar salas de reuniões, totalmente equipadas para apresentações, ações de empresa e eventos. Apenas tem de nos contactar e a equipa de profissionais do hotel irá encarregar-se de tudo.

Não pense mais: consulte já as nossas ofertas de hotel em Madrid —durante o ano, oferecemos um desconto no preço em caso de reserva antecipada— e ofereça a si próprio(a) o melhor da capital espanhola num hotel criado por e para si. Garantido: depois de se hospedar nele, entenderá a razão do ditado “de Madrid ao céu” ser muito mais do que uma frase feita. Atreve-se a comprovar?