Destino
Monastir
Desconto
Escreva um destino ou um hotel
Datas opcionais

A sua pesquisa será para adults adultos e children criança, devido ao intervalo de idades das crianças para este hotel

A sua pesquisa será para rooms quartos, adults adultos e children criança, devido ao intervalo de idades das crianças para este hotel

Distribua as pessoas por quarto

Quartos

Eliminar quarto
O intervalo de idades das crianças pode variar segundo o hotel
A faixa etária das crianças deste hotel é de 0 a 16 anos

Desfrute do seu hotel em Monastir

A localidade tunisina de Monastir é uma encruzilhada de três culturas —árabe, berbere e europeia, produto do seu passado como protetorado francês—, assim como um lugar que combina a sua condição de cidade santa e universitária com as atrações próprias de um destino de praia. Aqui, o hotel em Monastir da Iberostar abre as suas portas, como uma opção perfeita para desfrutar tranquilamente desta povoação mediterrânica.

Situada num escarpado cabo a sul do golfo de Hammamet, 17 km a sudeste de Susa (ou Sousse) e a 162 km da cidade de Tunes, Monastir encontra-se a uma escassa distância do Aeroporto Internacional Monastir-Habib Bourguiba, em Skanès, o que a ajudou a consolidar-se como um dos recantos mais visitados das costas do Magrebe.

A zona turística de Monastir estende-se em direção a Skanès e a La Dkhila a norte, e a sul, pela província de Mahdia. Aqui, as atividades mais tradicionais, como a extração de sal nas salinas próximas, a pesca ou o cultivo das oliveiras, convivem com uma infinidade de propostas de cultura e lazer que farão com que as suas férias na Tunísia sejam uma vivência singular.

  • País: Tunísia
  • Hora:
  • Câmbio: Dinar (TND)
  • Voltagem: 230 V

Hotéis no Monastir

Aplica-se a viagens de 20 de Agosto a 18 de Novembro
  • Renovado
  • New Iberostar
Antes a partir de

100

A partir de

100

quarto / noite - Impostos incluídos
Reservar

O que ver em Monastir

Embora as praias de Monastir sejam a principal atração desta povoação, o município também reúne uma infinidade de recantos, edifícios e monumentos que merecem a atenção do viajante.

Como acontece com outras localidades tunisinas, um dos seus pontos mais característicos é a presença de um ribat, uma fortaleza ou kashba que se eleva no coração da cidade, cuja função no passado era proteger as rotas comerciais. O ribat de Monastir, com 4200 m2, é o mais antigo do Magrebe, já que data do ano de 796.

Perto desta fortificação, ergue-se a Grande Mesquita, do século IX e ampliada nos tempos da dinastia Ziri (972-1152). Admire as abóbadas em cruzaria que embelezam a sua sala de oração e entre na sua galeria ladeada de arcos quebrados. No entanto, o elemento mais característico é a sua maravilhosa cúpula dourada.

Outro recinto para o culto que convém conhecer é a mesquita de Burguiba. Erguida em 1963 por Tayyeb Buzguenda, a sua estrutura é claramente inspirada na mesquita de Hammuda Pachá da cidade de Tunes. A sua sala de oração, que pode acolher até 1000 pessoas, possui 86 colunas de mármore rosa. Também não se poderá esquecer das suas 19 portas de teca, trabalhadas de forma artesanal.

A norte do ribat, encontra-se o cemitério de Sidi el-Mezeri. O seu interior guarda o mausoléu de Habib Burguiba, onde descansam os restos mortais de toda a família de Habib Burguiba, o líder nacionalista que se converteu no primeiro presidente da Tunísia e que liderou o país durante três décadas. O lugar é relativamente novo, já que o mandatário, que também está aqui enterrado, faleceu no ano de 2000.

Dedique também algum tempo à sepultura do Soldado Desconhecido, um monumento simples que se encontra na calle de Tunis, precisamente onde começa a avenida que nos conduz ao mausoléu de Habib Burguiba. Aqui, presta-se homenagem aos combatentes tunisinos que morreram a lutar pela independência do país. O conjunto é coroado por uma sóbria cúpula branca.

Em relação aos museus de Monastir, aconselhamo-lo a visitar o Museu do Traje Tradicional, situado em frente à entrada da mesquita de Burguida. As suas salas mostram as indumentárias tradicionais da Tunísia, assim como uma abundante coleção de vestidos de noiva e de joalharia. Por outro lado, na calle de Trabelsia encontra-se o Musée du Mouvement National ou Museu do Movimento Nacional, dedicado à história da luta do país pela sua independência.

A cerca de 15 km a sudeste de Monastir, encontra-se Lemta, que conserva os vestígios da antiga colónia romana de Leptis Minor. Despois da queda de Cartago, esta povoação passou a ser uma cidade livre.

Um passeio desde Monastir que tem uma grande aceitação é o que termina na povoação de Moknine, famosa pelos seus ateliers de cerâmica e pela mesquita de Sidi Babana.

E como não poderíamos deixar de referir: a apenas 60 km, encontra-se o anfiteatro El Djem ou coliseu de Thysdrus. Esta imponente joia romana, construída no ano de 238 d.C. pelo procônsul Gordiano, foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO em 1979 e recebe anualmente mais de meio milhão de visitantes.

O que fazer em Monastir

Seja qual for a altura do ano em que viaje para a Tunísia, as praias de Monastir são de visita obrigatória. Situadas nas imediações de Skanès, são o principal complexo turístico desta localidade. Para além de serem muito extensas e de estarem bem cuidadas, também têm bons acessos, já que se pode ter acesso a estas através de comboio ou táxi. Não só é o espaço ideal para um mergulho ou para apanhar sol, como também oferece a possibilidade de praticar desportos aquáticos, como a vela, o windsurf ou o kitesurf.

De qualquer das formas, esta não é a única opção para sentir a adrenalina: nas proximidades do ribat terá um moderno porto desportivo ou marina à sua espera, perfeito para os desportos náuticos. Aqui poderá alugar uma embarcação à vela ou a motor para percorrer o litoral à sua vontade. Para além disso, a zona dispõe de vários bares e restaurantes nos quais poderá experimentar a saborosa gastronomia da Tunísia. Aproveite as suas férias em Monastir para saborear a salade tunisienne, uma salada com produtos da horta e algum peixe ou marisco; o brick, uma irresistível massa folhada recheada com ovo, e o incontornável cuscuz.

Apetece-lhe relaxar? Nesse caso, recomendamos-lhe passear pela praça do Gouvernorat, situada entre o passeio marítimo (ou Route de la Corniche) e a medina. Aqui, terá à sua espera um centro de artesanato ideal para comprar lembranças em Monastir antes de voltar para casa. Não muito longe, também há um teatro e o Palácio de Congressos de Monastir.

Por outro lado, quem quiser ainda mais tranquilidade poderá fazer uma escapadinha a Khniss, um município situado a 5 km a sul de Monastir e com todos os serviços, mas menos concorrido que outros locais da costa tunisina.

A partir do seu hotel de Monastir, terá todas estas propostas ao seu alcance. Reserve o seu quarto e venha desfrutar.